Outros "mares" por onde navego...

sábado, 21 de maio de 2011

... Grãos...

É este o meu poema
Meu sorriso provisório
Minhas dúvidas mais estáveis
Minhas vidas em cada amanhecer


O que sou neste sol que agora desponta?
Onde estou, senão nos fios de luz que nele se escondem?
Um mar que me conduz não alivia os passos dos meus pés
Uma estrela silenciosa me cintila, mas não me diz verdades absolutas


Sou sozinha nessa estranha natureza
Não é o mundo que procuro, mas a mim
Nessa terra de homens e mulheres distantes
Um grãozinho de gente a sobreviver no simples voo das palavras


(Betha Mendes)
Imagem Google

21 comentários:

  1. somos um e únicos.. importantes grãozinhos a crescer e florescer.. perfumando a vida!
    beijos querida Betha..

    ResponderExcluir
  2. Um grãozinho fundamental
    Um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  3. Não é o mundo que procuro, mas a mim.

    Betha, minha tão querida..

    Incrivel como eu busco, busco, busco e encontro as minhas verdades aqui.

    Um beijo!!!

    ResponderExcluir
  4. "Sou sozinha nessa estranha natureza
    Não é o mundo que procuro, mas a mim."

    Gosto muito das suas sensíveis palavras Betha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Que poema lindo!!!

    Parabéns pela criação, boa noite,

    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Um grãozinho que seja fazendo arte é uma montanha de bem aventuranças. Belíssimo poema,Betha! Meu abraço. paz e bem.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns Amiga que escolheu a natureza para fazer seus poemas só poderia ter dado um lindo poema
    com sua linda imaginação.
    Uma linda tarde de Domingo beijos meus,,Evanir.

    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Estamos sempre a procura de nós mesmos.Lindo seu poema, beijos.

    ResponderExcluir
  9. Vou fazer coro: Belíssimo poema!!!
    Bjos e ótima semana ;)

    ResponderExcluir
  10. Betha, amiga.

    Tua procura é tão nobre que fincou raízes em mim, a ponto de sempre vir aqui colher borboletas em teus versos, não para aprisioná-las mas para colorir meu mundo.

    Abç com carinho.

    ResponderExcluir
  11. Derramas sentimientos en tu hermoso texto,
    siempre es un gusto pasar a leerte.
    que tengas un feliz finde.
    besos.

    ResponderExcluir
  12. Vim pedir a sua participação no Mais Pernambuco, envi para o meu blog fotos ou vídeos de sua autoria para mostrando o município onde você mora. No meu blog clique em contato e veja como participar, você pode colocar marca d'água nas sua fotos. Obrigado espero que participe.

    ResponderExcluir
  13. "Um grãozinho de gente a sobreviver no simples voo das palavras"
    Palavras, o sopro de vida de todo poeta...

    ResponderExcluir
  14. Afiadissima como sempre , Betha !

    ler-te é um grande prazer !

    um beijo !

    ResponderExcluir
  15. Betha,

    Saudade das suas palavras, que me são um bálsamo!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  16. ...traigo
    sangre
    de
    la
    tarde
    herida
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION
    BETHA MENDES

    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE CARROS DE FUEGO, MEMORIAS DE AFRICA , CHAPLIN MONOCULO NOMBRE DE LA ROSA, ALBATROS GLADIATOR, ACEBO CUMBRES BORRASCOSAS, ENEMIGO A LAS PUERTAS, CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER ,CHOCOLATE Y CREPUSCULO 1 Y2.

    José
    Ramón...

    ResponderExcluir
  17. Poetas,
    agradeço a visita sempre carinhosa, e desde já,peço-lhes desculpas pela ausência em seus blogs. é o tempo que consome tudo. mas sempre devemos encontrar encantos na poesia.
    abraços e procurarei estar mais presente!

    beijos

    Betha

    ResponderExcluir
  18. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Diálogos Poéticos. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Somos muitos grãos... e as palavras, felizmente, não nos podem conter!!

    Beijoks!

    ResponderExcluir
  20. Betha,

    Sei bem como é isso: Essa falta de tempo que engole a gente.
    Mas fiquei super feliz em ter você de volta, seu carinho no meu blog!
    Eu gosto muito de você!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir